Análise SWOT: utilize essa ferramenta para impulsionar seus negócios!
8565
post-template-default,single,single-post,postid-8565,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-3.6,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive
 

Blog

Análise SWOT: utilize essa ferramenta para impulsionar seus negócios!

  |   Certificação   |  
Independentemente do tamanho da empresa, planejamento sempre será a palavra responsável pelo sucesso do andamento e conclusão do plano previsto. Respeitando custos e prazos. Ou seja, é a raiz para que a organização tenha um bom andamento. Uma das ferramentas essenciais para se ter um bom planejamento estratégico, é a análise SWOT. Saiba mais sobre essa ferramenta em nosso artigo!

Ferramenta clássica da administração, análise SWOT (“strenghts”, “weakness”, “opportunities”, “threats”). É um conceito que veio dos Estados Unidos e vem sendo utilizado por todos os tipos de organizações ao redor do mundo.

No Brasil, é conhecida como análise FOFA: forças, oportunidades, fraquezas e ameaças.

A sua função?

Analisar como a empresa funciona interna e externamente.

 

Veja os aspectos dessa análise

– Força

Quando pensamos em força vem à nossa mente as palavras, poder, energia, impulso etc. No contexto empresarial não é diferente, analisar as forças da sua empresa é observar tudo que depende exclusivamente do seu negócio. Quais são seus pontos fortes que te destacam perante a concorrência. Ou seja, é averiguar a razão pela qual a sua empresa existe no mercado. É aquilo que pode ser aprimorado e não reformulado.

 

– Fraqueza

Ao contrário da força, é tudo aquilo que o seu negócio precisa melhorar e que a concorrência faz muito bem.  Quando analisamos os aspectos “fracos” de uma empresa é recomendável que cada item seja examinado com cautela e de forma separada. Para que as soluções sejam detectadas.

 

– Ameaças

Diferente das forças e fraquezas que dependem do gerenciamento da empresa, as ameaças são as forças externas. Elas podem influenciar negativamente no andamento do planejamento da empresa. Por exemplo, as decisões econômicas, queda da bolsa de valores, ações dos concorrentes, chegada de uma nova tecnologia etc.

Mas, apesar desse aspecto não depender exclusivamente de sua empresa, é possível por meio de estudos “prever” algumas situações e se preparar para alguns cenários.

 

– Oportunidade

Após ver os aspectos externos que podem influenciar a sua empresa, está na hora de analisar os “bons ventos” que podem gerar uma chance do seu empreendimento melhorar. Por exemplo, uma revendedora de produtos de limpeza descobre que o mercado está produzindo novas mercadorias que são os anseios dos seus clientes.

Em outras palavras…

Todos os aspectos que dependem da gestão de sua empresa, são os seus pontos fortes e fracos. Quando você está nessa fase da análise SWOT, que dará o diagnóstico para elaborar o planejamento de sua empresa, saiba que todos os aspectos dependem de você!

Já os fatores que dependem do que acontece ao redor de sua empresa são as ameaças e oportunidades que surgem no mercado. Que se não forem analisadas com cuidado, podem “pegar” o seu planejamento de surpresa. Um bom gestor é aquele que “prevê” situações para lidar com elas quando acontecerem.

 

Qual a relação da análise SWOT com a certificação?

Quando um gestor faz um diagnóstico utilizando a ferramenta da análise SWOT, é porque pretende fazer um planejamento para que sua empresa melhore os resultados (tangíveis e intangíveis).

 

Como já comentamos em nossa página, ser uma empresa certificada, é uma forma de conseguir mais clientes e melhorar a gestão de sua empresa.

 

Por exemplo, para analisar o cenário interno é possível utilizar os dados das auditorias ISO 9001 e 14001, relatórios de controle operacional e ações de melhoria, pesquisa de satisfação do cliente e colaboradores e dinâmicas de grupo.

As empresas que utilizam certificação ISO, costumam utilizar a SWOT para averiguar constantemente o que a empresa precisa melhorar e como ela pode se adequar às normas. Porque não basta saber os pontos portes, fracos, oportunidades e ameaças se não souber a forma certa de se adequar e montar os planos de ações.

Por exemplo, o levantamento dos pontos fracos detecta que a empresa está com problemas em sua gestão ambiental. E que uma das causas está na falta de engajamento dos funcionários em ter uma postura mais sustentável, é possível resolver essa situação. Por meio de treinamentos com especialistas, modernizar os processos, fazer adequações legais do gerenciamento de resíduos sólidos etc.

O que melhora a gestão da sua empresa atingindo os objetivos do planejamento estratégico e ao mesmo tempo a torna apta para conseguir uma certificação, tornando possível conquistar novos mercados.

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais sobre o mundo dos negócios e da certificação? Continue navegando em nossa página e entre em contato conosco! Nós da MeCertifiquei.com estamos preparados para entender a necessidade de sua empresa e fazê-la conquistar novos horizontes.

Comentar