Como funciona a certificação para pequenas empresas
8617
post-template-default,single,single-post,postid-8617,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-3.6,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive
 

Blog

Como funciona a certificação para pequenas empresas

  |   Sem categoria   |  
No Brasil, boa parte da economia é movida pelas pequenas e médias empresas. Segundo o SEBRAE, cerca de 98% dos negócios são desse porte. No entanto, é comum que os empresários não enxerguem que, mesmo que o seu negócio seja considerado de pequeno ou médio porte, é possível ter uma gestão eficiente para alcançar uma certificação.

Quando tratamos da certificação ISO estamos lidando com valores intangíveis que revelam toda a cultura e gestão de uma empresa. É uma espécie de garantia de que a organização preza pela qualidade e pela melhoria constante em toda cadeia produtiva de seus produtos ou serviços prestados. Seja pela otimização dos processos internos, redução de falhas e trabalho desenvolvido com mais produtividade. Melhorando assim, a credibilidade e a satisfação dos públicos de interesse.

Ou seja, os gestores que procuram ampliar a competitividade de suas empresas no mercado, podem usufruir dos benefícios da certificação ISO.

Atualmente, a ISO é muito mais focada em resultados do que na papelada burocrática. Acredite! Ela se adapta com maior facilidade à realidade das organizações menores.

Mas, como a minha empresa pequena pode conseguir a Certificação ISO 9001?

– Serviço de consultoria

Cada empresa tem a sua dinâmica e cultura organizacional. A certificação ISO respeita isso, desde de que não interfira na qualidade dos processos. O serviço de consultoria tem justamente esse papel, o de tentar implementar os requisitos da norma por meio de um estudo do seu negócio, por meio do mapeamento dos processos, criação de procedimentos e preparo da documentação necessária. Quando o negócio é de pequeno porte, essas fases são simplificadas com a ajuda da empresa de consultoria.  De forma que a organização seja aprovada na auditoria.

– Engajamento

Para implementar uma mudança em uma organização é preciso que todos estejam engajados e preparados. Não adianta a diretoria liberar uma verba significativa para realizar determinadamudança se os colaboradores não estiverem envolvidos. Como em uma microempresa o número de pessoas que trabalham é menor, o processo de mudança para que entendam a importância da certificação é mais fácil. Para isso, é preciso que os administradores realizem ações que expliquem as vantagens que a ISO traz para a empresa e para o grupo como um todo.

– Estar preparado

Além de contratar uma empresa de consultoria e conscientizar os funcionários é preciso que a empresa esteja plenamente preparada para a auditoria. É comum demorar um tempo até que as mudanças (mesmo pequenas) sejam incorporadas na rotina da empresa. Por esse motivo, é preciso que a empresa dedique um tempode preparação para que os colaboradores estejam prontos para enfrentar a auditoria. Isso acontece por meio de testes que mostram possíveis falhas que podem ser corrigidas antes da auditoria final.

– Partiu ser uma empresa certificada

Após todo o preparo, com todas as revisões e correções feitas, chega o momento de contratar o órgão certificador responsável por fazer a auditoria oficial. Com a confirmaçãode que a organização está em conformidade com a norma, ela conquista o selo ISO.

PS: a certificação tem validade de três anos, com auditorias parciais nos primeiros dois anos e auditoria completa no terceiro ano, para que a empresa possa manter seu certificado.

 

Ficou interessado? Quer ampliar os seus negócios? Nós da MeCertfiquei.com estamos aqui para te ajudar e fazer a sua pequena empresa se destacar no mercado competitivo! Entre em contato!

Saiba mais, venha falar da realidade de seu negócio! Nós da MeCertifiquei.com estamos prontos para te ouvir e ajudar!

Comentar